Rui Nunes nomeado para equipa de conselheiros do Papa Francisco

Rui Nunes nomeado para equipa de conselheiros do Papa Francisco

Nomeado para aconselhamento nas áreas da dignidade humana face aos desafios da ciência e da tecnologia.

O presidente da Associação Portuguesa de Bioética, Rui Nunes, foi nomeado membro da Academia Pontifícia para a Vida, a qual tem por missão aconselhar o Papa Francisco no que diz respeito aos valores da vida e do respeito pela dignidade humana, nomeadamente face aos desafios da Ciência e da Tecnologia. «É uma enorme honra pela referência que o Papa Francisco representa hoje para toda a humanidade», assume o também Coordenador do Departamento de Investigação da Cátedra de Bioética da UNESCO.

Rui Nunes aceita esta tarefa «com espírito de missão e com um profundo sentido de responsabilidade, dado que os desafios com que as ciências biomédicas se confrontam actualmente à escala global implicam uma reflexão ética sem precedentes». O também docente da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) recorda que «também pelos valores que defende e que o tornam numa personagem incontornável do século XXI, é uma enorme honra integrar a equipa de conselheiros do Papa Francisco».

Criada em 1994, a Pontificia Accademia Pro Vita tem como principal missão o estudo, informação e formação sobre os principais problemas das ciências biomédicas e do Direito, relativos à promoção e defesa da vida, sobretudo na sua relação direta com a moral cristã e as diretrizes de Magistério da Igreja. A Academia é presidida por Monsenhor Vincenzo  Paglia desde Agosto de 2016.

Rui Nunes
Nascido no Porto em 1961, Rui Nunes é atualmente presidente da Associação Portuguesa de Bioética, professor catedrático da FMUP e coordenador do Departamento de Investigação da Cátedra de Bioética da UNESCO. Licenciou-se em Medicina na FMUP em 1985 e em 1996 obteve o Grau de Doutor em Medicina na área da Bioética. Em 2002 obteve o Título de Agregado em Sociologia Médica e em 2009 o título de Agregado em Bioética nesta faculdade. É Diretor do Programa Doutoral em Bioética (FMUP/CFM), do Programa Doutoral em Cuidados Paliativos, do Curso de Pós-Graduação em Gestão e Administração Hospitalar. É membro do Conselho Médico-Legal do Ministério da Justiça e membro da Comissão de Ética do Instituto Nacional de Medicina Legal.

Compartilhar este post

Deixe uma resposta