Intervenção implicará um investimento de 700 mil euros e deverá terminar daqui a um ano. 

Em parceria com outros agentes educativos, a autarquia assumiu o compromisso de desenvolver um conjunto de intervenções no edificado escolar da rede pública do município. EB da Prozela, EB da Seara, EB da Maia, EB de Ferreiró, EB de Pedras Rubras, EB do Gestalinho, e EB de Santa Cristina são as escolas que irão ser intervencionadas.

As obras de beneficiação e requalificação arrancaram na Escola Básica de Santa Cristina, na freguesia de Folgosa, no dia 14 do passado mês de julho.

Agora, «com todos os constrangimentos associados à dimensão dos trabalhos, e pelos provocados involuntariamente pela pandemia», a autarquia fez saber que a intervenção na Escola Básica da Maia arranca no próximo mês de setembro.

«O projeto foi analisado e discutido, tecnicamente, com toda a comunidade educativa, desde a direção do Agrupamento de Escolas Gonçalo Mendes da Maia, coordenação da escola, associação de pais, FAPEMAIA e junta de freguesia da Cidade da Maia», adiantou o município.

Esta obra será feita «por fases» e prevê ainda a intervenção no exterior, estando os serviços já a preparar a primeira fase da obra, com a colocação de amovíveis prevista para antes do início do próximo ano letivo. Com um investimento de 700 mil euros, as obras deverão terminar daqui a um ano.

 

Fotografia com direitos reservados 

Deixe uma resposta