Médico faleceu aos 44 anos, vítima de doença prolongada.

A cerimónias fúnebres do médico e presidente do Conselho Clínico e de Saúde do Aces Maia/Valongo, que faleceu esta segunda-feira, realizaram-se esta manhã, na Igreja do Foco, no Porto, perante mais de uma centena de pessoas, tendo ido a sepultar no Cemitério da Lapa.

«Grande amigo» e «excelente médico», é assim que muitas pessoas relembram Gustavo Ferreira.

As cerimónias realizaram-se num cenário de natural emoção, num adeus a uma pessoa muito querida para o concelho da Maia, e para o mundo da saúde.

Deixe uma resposta