Contratação irá reforçar equipa de 68 operacionais, de forma assegurar o cumprimento das normas de segurança para conter a covid-19 nas escolas básicas e jardins de infância da rede pública do concelho. Medidas reforçam reorganização e higiene do espaço escolar.

Com o regresso ao ensino presencial e de modo a ver garantido o cumprimento das normas de segurança para conter a covid-19, a autarquia contratou 14 assistentes operacionais que iniciaram hoje o trabalho nas escolas básicas e jardins de infância da rede pública do concelho.

As 14 assistentes operacionais agora contratadas juntam-se às 68 que já estão nos estabelecimentos de ensino desde o início do ano letivo ao abrigo de um protocolo entre a Câmara Municipal da Maia e o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Desta forma, a autarquia acredita que podem ser reforçadas as medidas de reorganização e higienização do espaço escolar, maior controlo das entradas e saídas das crianças de forma a não haver cruzamento de grupos, assim como da promoção de comportamentos preventivos junto do toda a comunidade educativa.

Deixe uma resposta