Já são conhecidas as mudanças no calendário escolar. Saiba as datas.

Já são conhecidas as mudanças no calendário escolar. Saiba as datas.

Interrupção Letiva de Carnaval deixa de existir e férias da Páscoa são mais pequenas. Saiba afinal o que muda no novo calendário escolar.

Já são conhecidas as datas do novo calendário escolar, divulgadas pelo Ministério da Educação esta sexta-feira. A interrupção das aulas presenciais em meados de janeiro veio alterar o calendário escolar, nomeadamente a interrupção letiva de Carnaval, que deixará de existir. Após cerca de duas semanas de pausa letiva, alunos de diferentes anos de escolaridade retomaram esta semana através do Ensino à Distância. Ainda não se sabe quando será possível retomar as aulas presenciais, mas o calendário escolar sofreu alterações, a começar pela interrupção letiva de tês dias do Carnaval, de 15 a 17 de fevereiro, que agora desaparece. As férias da Páscoa vão começar mais tarde, a 29 de março, e serão de apenas uma semana, terminando no dia 1 de abril.

O ano terminará mais tarde para todos, com os alunos do 9º, 11º e 12º anos a terminarem as aulas a 18 de junho, os alunos de 7º, 8º e 10º a 23 de junho e os 1º e 2º ciclos e ainda o ensino pré escolar a fecharem as portas a 8 de julho.

Os exames nacionais e as provas de aferição também têm novas datas. As provas de aferição do 2º, 5º e 8º anos irão realizar-se entre os dias 14 e 21 de junho. A prova oral da disciplina de inglês de 5º ano acontece entre 27 de maio e 9 de junho. As provas de aferição de 2º ano de Expressão Artística e de Educação Física foram canceladas.

A primeira fase das provas finais de ciclo de 9º ano realiza-se de 28 de junho a 2 de julho, enquanto a segunda fase será entre 21 e 23 de julho. Os resultados destas serão conhecidos a 19 de julho e 3 de agosto, respetivamente.

Quanto aos Exames Nacionais do Ensino Secundário, a primeira fase ocorrerá entre os dias 2 e 16 de julho, com afixação de resultados a 2 de agosto, e a segunda fase entre 1 e 7 de setembro, com afixação de resultados a 16 do mesmo mês.

Por revelar fica ainda a forma como se realizará a avaliação externa no acesso ao Ensino Superior. Esta informação será «conhecida oportunamente e de forma articulada pela Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior», pode ler-se.

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *