Futebol e Slot-machines lideram preferências dos apostadores online portugueses

Futebol e Slot-machines lideram preferências dos apostadores online portugueses

A ligação entre os portugueses e as apostas é um caso de amor antigo e com muita história, história que ganhou um novo impulso em 2015 com a legalização dos casinos e casas de apostas desportivas online.

Tal como já acontecia com o provecto Totobola, a inclinação natural dos apostadores portugueses foi para o Futebol, um dado que ganha agora ainda mais força se atendermos às conclusões do mais recente relatório do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ), entidade que supervisiona e regula a atividade de jogo online em Portugal, sobre o 4º trimestre de 2020.

De acordo o documento do regulador, no último quarto do ano passado, o Futebol representou 86,72% do total de apostas desportivas efetuadas.

Depois de uma quebra acentuada nos dois primeiros trimestres do ano passado em que se verificou a redução em 75,2% das apostas nas modalidades de futebol, ténis e basquetebol, que no seu conjunto e por norma, representam aproximadamente 95% do total das apostas desportivas à cota devido ao cancelamento ou adiamento de vários eventos desportivos, o Futebol voltou em força a partir de meados de junho com o término de várias ligas de futebol profissional e da fase final da UEFA Champions League contribuindo para o regresso desta modalidade desportiva aos valores médios normais.

Ao analisarmos de mais perto os números referentes ao Futebol no 4º trimestre de 2020, observa-se que o ranking das competições mais atrativas para os apostadores continua a ser liderado pela Premier League inglesa com 9,8% do volume total de apostas efetuadas seguida de muito perto pela Primeira Liga portuguesa com 9,1% e UEFA Champions League com 9%.

Os restantes lugares do ranking são ocupados pela UEFA Europa League com 6,5% e a La Liga espanhola com 6,3%, Serie A italiana, UEFA Nations League e Bundesliga, estes três últimos com percentagens mais residuais.

Depois do Futebol, e à semelhança do que vinha acontecendo nos primeiros meses de 2020, o 4º trimestre de 2020 descobre, em segundo lugar na percentagem do volume total de apostas desportivas efetuadas, o Basquetebol com uma quota de 5,21%.

Nesta modalidade, a NBA foi a competição preferida de 25% dos apostadores, seguida a longa distância pela inesperada CBA chinesa (9,7%) e pela Euroleague (9,3%).

O último lugar do pódio pertence ao Ténis com uma fatia de mercado de 4,86%. Do volume total de apostas nesta modalidade desportiva, 16,9% couberam ao torneio de Roland Garros, 10,2% ao ATP Masters e 9,5% ao ATO World Finals London.

Modalidades como o Andebol ou o Voleibol, enquadrados na rubrica “Outros”, colheram a preferência de apenas 3,21% do volume total de apostas desportivas para o período em análise.

Slot-machines ficam com a “fatia de leão” na categoria dos jogos de fortuna ou azar

Se o Futebol lidera na categoria de apostadas desportivas à cota, nos jogos de fortuna ou azar o primeiro lugar do pódio é pertença das Slot-machines.

Durante o último trimestre de 2020, as Slot-machines (ou jogos de máquinas) representaram mais de 71% do total de apostas em jogos de fortuna ou azar online, uma percentagem que se encontra bem distante dos 12,64% apurados na Roleta Francesa e dos 6,41% registados no Blackjack/21.

Muita fama, mas pouco proveito é o que se pode dizer do Póquer: o conjunto dos jogos de Póquer (“não bancado” e em “modo torneio”) correspondeu a 5,84% do total de apostas em jogos de fortuna ou azar online. Por último, com “apenas” 3,94% das apostas, surge a Banca Francesa.

Volume de apostas continua em crescimento

Com o Futebol e as Slot-machines a liderarem as suas respetivas categorias, é tempo de olharmos para o volume total de apostas registadas no 4º trimestre de 2020 e os dados são positivamente avassaladores.

No conjunto das duas categorias, o volume de apostas total ascendeu a 1754,9 milhões de euros, mais 350 milhões de euros do que o verificado no trimestre anterior e mais 713 milhões de euros em comparação com igual período de 2019.

Para este número, as apostas desportivas à cota contribuíram com 345,4 milhões de euros (+159,7 milhões do que em igual período de 2019), enquanto os jogos de fortuna ou azar promoveram um volume de apostas de 1409,5 milhões de euros (+555,3 milhões de euros em relação ao período homólogo de 2019).

Não alheio a este crescimento, que já se vinha a verificar ao longo dos trimestres anteriores de 2020, está o facto dos operadores de jogo online terem apostado em apps para smartphones que tornam o acesso a este tipo de atividade mais simples e imediato e a maior literacia sobre o fenómeno do jogo online que sites como o Apostas Online oferecem aos candidatos e apostadores regulares um meio fiável de obter informação mais detalhada sobre casinos e casas de apostas desportivas online como a Betano e ainda os brinda com bónus de experimentação para as suas apostas online.

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *