COVID-19: Maia no “bom caminho”

COVID-19: Maia no “bom caminho”

O Concelho da Maia registou, entre os dias 17 de fevereiro e 2 de março, 48 novos casos de infeção por Covid-19 por cada 100 mil habitantes, menos 46 do que na incidência anterior (94). Valores fazem com que o concelho volte a descer de nível de risco de contágio. Consulte aqui o gráfico de variação da incidência cumulativa no concelho.

De acordo com dados da Direcção Geral de Saúde (DGS) divulgados esta segunda-feira, entre os dias 17 de fevereiro e 2 de março, o concelho da Maia registou uma incidência cumulativa a 14 dias de 48 novos casos por 100 mil habitantes. Trata-se de uma descida por comparação com a incidência anterior, entre os dias 10 e 23 de fevereiro, altura em que a Maia apresentava 94 casos por 100 mil habitantes. Este é o número mais baixo de infeções por cada 100 mil habitantes dos concelhos vizinhos (Matosinhos, Porto, Trofa, Valongo e Vila do Conde) e coloca a Maia no segundo grau de incidência menos grave (20-59,9).

De salientar que hoje se registaram 365 novos casos em Portugal e 25 óbitos. São menos 11 os casos de internamento e menos 12 em unidade de cuidados intensivos, satisfazendo um total de 1 403 e 342, respetivamente. O Norte regista 327 634 casos por infeção, mais 57 casos do que ontem, e 5 260 óbitos, mais 6 do que este domingo.

Os concelhos vizinhos à Maia registaram os seguintes valores de incidência cumulativa:

Matosinhos – 91
Porto – 133
Trofa – 154
Valongo – 82
Vila do Conde – 189

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *