Covid-19: Centro Avançado de Vacinação da Maia com capacidade para 250 utentes por dia

Covid-19: Centro Avançado de Vacinação da Maia com capacidade para 250 utentes por dia

Estrutura localizada em Gemunde abrirá na próxima segunda-feira, 8 de fevereiro, com a capacidade para vacinar 250 pessoas por dia.

O Município da Maia, em nota enviada à redações, fez saber que, em colaboração com o ACES Maia/Valongo, está a ultimar o Centro Avançado de Vacinação contra a Covid-19, que funcionará na Junta de Freguesia de Castêlo da Maia, em Gemunde.

«O Centro Avançado de Vacinação está pronto a abrir a 8 de fevereiro e terá capacidade para vacinar 250 pessoas por dia», pode ler-se no mesmo documento.

«Desde o início da pandemia que pusemos todos os recursos e esforço do Município ao serviço do combate ao vírus. Ao cedermos e apetrecharmos com material e recursos humanos este Centro Avançado de Vacinação estamos, uma vez mais a cumprir com o nosso dever», salienta António Silva Tiago, presidente da Câmara Municipal da Maia.

Será nesta infraestrutura, dotada de gabinetes médicos e de apoio técnico, seis salas de enfermagem, três salas de recobro e acesso de elevador para pessoas com mobilidade reduzida, que o ACES Maia/Valongo irá inocular, numa primeira fase, as pessoas com mais de 80 anos e com idade igual ou superior a 50 anos, com pelo menos uma das seguintes patologias: Insuficiência cardíaca; Doença coronária; Insuficiência renal (Taxa de Filtração Glomerular < 60ml/min); (DPOC) ou doença respiratória crónica sob suporte ventilatório e/ou oxigenoterapia de longa duração. É estimada a vacinação de 250 pessoas por dia.

A Câmara da Maia diz estar «empenhada» num processo que «se quer célere e que chegue a todos» e, para tal, tem vindo desde o início desta pandemia a prestar todo o apoio à DGS, à ARS-N e ao ACES Maia /Valongo. No caso específico do Centro Avançado de Vacinação, a Junta de Freguesia de Castêlo da Maia cedeu o espaço e o Município dotou esta infraestrutura com todo os meios,  assumindo deste modo quer o apetrechamento logístico e de segurança, quer a cedência de recursos humanos. A Cruz Vermelha Portuguesa colaborará no transporte de utentes.

O Centro Avançado de Vacinação da Maia estará pronto a abrir na próxima segunda-feira, 8 de fevereiro. Segundo a DGS, os utentes serão convocados/contactados pelas autoridades de saúde.

Foto: DR

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *