As empresas Brisa e Sakthi, de forma a compensarem a utilização de espaço público, acordaram em fazer obras na Granja e Vermoim, respetivamente. Para a CM Maia, tratou-se de uma oportunidade de beneficiar aqueles locais, através destas contrapartidas.

Em Águas Santas, mais concretamente na Granja, a Brisa, operadora de infraestruturas de transporte em Portugal, efetuou a ligação do Viaduto entre as ruas Manuel Francisco e D. António Moutinho. Esta obra foi uma compensação acordada entre a empresa e o município da Maia pelas obras na Rua Dr. António dos Santos, localizada perto do túnel da Granja, e pela demolição da passagem superior pedonal sobre a A4, na Rua Manuel Francisco de Araújo, que será demolida hoje, dia 14 de agosto. Segundo a CM Maia, o referido atravessamento encontrava-se desnivelado e não cumpria as regras de acessibilidade universal, razão pelo qual agora vai ser removido. A ligação entre as margens já foi, com as novas obras, entretanto restabelecida tendo-se acrescentado novas rotundas, de forma a ligar os respetivos cruzamentos. A criação destas ligações faz com que o Viaduto possa ser utilizado pela primeira vez, desde que foi construído em 1995.

Em Vermoim, a empresa Sakthi Portugal fez a consolidação urbana da Rua Jorge Ferreirinha. Tratou-se de uma contrapartida da empresa para o Município da Maia, pelo uso do subsolo, localizado em terreno público, para abastecimento energético da empresa. Tratou-se da construção de um passeio arborizado, com duas baias de estacionamento e de uma via para a recolha de utentes de transporte. Para além da urbanização da rua mencionada, foi também construída uma passadeira elevada, com o objetivo de reduzir as velocidades praticadas no arruamento.

Deixe uma resposta