As Caixas Zer0% Desperdício têm no seu interior frutas e legumes que se aproximam do fim do seu valor comercial, mas a marca assegura que «ainda estão em perfeitas condições para consumo». Com 5kg, e à venda por apenas 0,50€/kg, as caixas fazem parte de uma iniciativa que pretende reduzir o desperdício.

Segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), a cada ano, mais de metade das frutas e legumes colocados à venda são desperdiçados, ao longo de toda a cadeira de valor e na casa do consumidor. Para combater o problema nas suas lojas, o Continente desenvolveu caixas de 5kg com frutas e legumes que estão perto de ultrapassar o ponto ótimo de consumo, à venda por apenas 0,50€/kg.

As Caixas Zer0% Desperdício estão à venda na zona de frescos das lojas Continente com uma seleção de frutas e legumes que se aproximam do fim do seu valor comercial, mas que «ainda estão em perfeitas condições para consumo». Apesar de conseguir ver o que cada caixa contém, o conteúdo está assinalado no exterior da mesma. A marca assegura que o conteúdo de cada caixa «é cuidadosamente selecionado pelos colaboradores de loja que ‘resgatam’ apenas as frutas e legumes que continuem a corresponder aos padrões de qualidade e frescura».

A iniciativa está atualmente em vigor em 29 lojas de todo o país, das quais uma no concelho da Maia (Continente Maia Jardim), mas a marca indica que está a ser estudado o alargamento às restantes, evitando o desperdício de 25 toneladas de frutas e legumes por ano.

 

Snacks e sumos que combatem o desperdício alimentar

Além desta caixa, a marca está a aproveitar o desperdício gerado na produção das maçãs e pêras com Indicação Geográfica Protegida (IGP) transformando-as em snacks de fruta desidratada, à venda por 0,69€ cada embalagem de 20g. A isto juntam-se ainda os sumos naturais que levam apenas frutas espremidas, sem qualquer adição de açúcar ou água, como o sumo 100% maçãs de Alcobaça de 1,5l por 2,99€.

«No sentido de evitar quebras e contribuir para um planeta mais sustentável», as lojas Continente doam diariamente excedentes alimentares a instituições de solidariedade social e apoio a animais. A marca adianta que em 2019, foram doados excedentes que corresponderam a 12 milhões de euros, a mais de 1.013 instituições por todo o país.

Para Pedro Lago, diretor de Projetos de Sustentabilidade da Sonae MC, «o Continente, enquanto retalhista, tem um papel fundamental no combate ao desperdício alimentar, contribuindo para dar o exemplo e incentivar consumidores, colaboradores e fornecedores para que tenham um papel ativo neste trabalho que é responsabilidade de todos».

Deixe uma resposta