Com os olhos postos num futuro promissor, Maia discute a “Escola XXI em 61 minutos”

Com os olhos postos num futuro promissor, Maia discute a “Escola XXI em 61 minutos”

São seis ciclos, em 61 minutos, durante seis meses, para discutir a escola do século XXI. Iniciativa digital, lançada pela autarquia maiata, traz à conversa especialistas da Educação em Portugal.

Na próxima quinta-feira, dia 28 de janeiro, pelas 21 horas, a Câmara Municipal da Maia, em colaboração com o SincLab – Social Inclusion Laboratory da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto, dá início à iniciativa “A Escola XXI em 61 minutos”.

Este evento online apresentará um ciclo de seis webinars ao longo dos próximos cinco meses, de janeiro a junho de 2021. O seu principal objetivo é acrescentar valor ao debate público, e especificamente entre os stakeholders da comunidade educativa do concelho da Maia, sobre os mais diversos temas de âmbito escolar, com os olhos postos num futuro promissor para as crianças e jovens estudantes.  

A primeira conversa terá como tema central o Tempo das Crianças – “Quanto tempo o tempo tem? O uso do tempo das crianças”, cujo orador convidado é Vítor Teixeira, Professor na Universidade de São José em Macau, Psicólogo, investigador e membro da “IATUR – International Association for Time Use Research”. A moderação ficará a cargo de Miguel Borges, Professor do Ensino Básico e investigador do Centro de Investigação em Estudos da Criança da Universidade do Minho.

“A Escola XXI em 61 minutos” traz à conversa algumas das mais reputadas referências nacionais no âmbito da educação para o futuro e do pensamento estratégico consertado nesta área, princípios «que se fundem nos objetivos previstos no projeto INEDIT MAIA – Inclusão Pela Educação. Investimos em Ti, que se desenvolve no concelho maiato desde outubro de 2018», adianta a Câmara Municipal da Maia.

O INEDIT MAIA ambiciona conhecer a realidade socioeducativa local, assente num “modelo de recolha e análise” integrando os múltiplos interlocutores educativos, servindo de suporte à definição de políticas locais no domínio da educação, numa perspetiva de combate ao insucesso escolar. Este plano de atuação visa ainda, através de momentos de partilha, informar e esclarecer sobre temas diversos e atuais, desconstruindo mitos e representações sobre a escola, a educação e as crianças.

«Os oradores e moderadores convidados para as conversas distinguem-se ao nível local e nacional pela sua vasta experiência na intervenção junto das comunidades em destaque e das crianças e jovens em particular. De resto, pelas suas experiências e áreas de atuação profissional e de intervenção, entendemos que a sua partilha e potencial de comunicação sobre as temáticas em abordagem farão desta ação um momento diferenciador para todos os públicos que se interessem pelo tema», disse.

Serão exatamente 61 minutos de conversa que se iniciarão pelas 21 horas do dia 28. A iniciativa é gratuita e aberta a todos os que pretendam assistir. Para se inscrever, deverá preencher o seguinte formulário: https://forms.gle/4CkvZYBsi6iWm9X26

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *