Associação de Pais de Ferronho volta a surpreender e desta vez cria o “mistério da Páscoa”

Associação de Pais de Ferronho volta a surpreender e desta vez cria o “mistério da Páscoa”

Alunos da EB1 de Ferronho, no Castêlo, foram surpreendidos esta manhã com a Casa do Coelho da Páscoa, que ocupou o pátio da Escola.

Os “Ferronhitos”, como são carinhosamente tratados, foram esta manhã surpreendidos pela presença de uma Casa do Coelho da Páscoa no recinto da escola. A estrutura misteriosa foi ganhando forma durante o fim de semana e deixou os mais novos boquiabertos ao chegarem à Escola Básica de Ferronho. «Recebemos um pedido especial do Coelho da Páscoa, para o ajudarmos a construir uma casa provisória enquanto anda aqui na vila a distribuir os ovos da Páscoa», explica Sofia Miranda, presidente da Associação de Pais da Escola Básica de Ferronho, no Castêlo da Maia.

Esta é mais uma iniciativa da Associação de Pais da Escola de Ferronho para dar um brilho diferente à escola e ajudar a minimizar os efeitos da pandemia da COVID-19 nos alunos. «As crianças estiveram dois meses confinadas, sem contacto com os amigos do dia a dia e a ter aulas através de tablets e portáteis. Achamos que esta era uma forma divertida de trazer alguma animação à escola na última semana de aulas», explica a dirigente.

Ao longo da última semana de aulas, os alunos de Ferronho serão desafiados a concluir a decoração da escola. Todos vão receber um molde de um ovo para decorar, que depois será aplicado na estrutura da casa.

Esta manhã, no início das aulas, os pequenos “Ferronhitos” receberam ainda uma mensagem do Coelho da Páscoa, onde é explicado por que motivo escolheu esta escola para instalar a sua toca provisória depois do sucesso que foi a Casa do Pai Natal, em dezembro passado.

Sofia Miranda recorda que este tem sido um ano letivo muito atípico, tanto para as crianças como para as funcionárias e corpo docente da escola. «A Associação de Pais, enquanto elemento integrante da comunidade escolar, assume a sua responsabilidade de ser um parceiro dinamizador deste espaço», frisa.

«Procuramos estimular a imaginação das nossas crianças, criando estes pequenos momentos especiais que procuram dar-lhes alguma animação e conforto num ano em que têm sido constantemente separados dos seus amigos e professores», acrescenta a presidente da APEB Ferronho.

Até à Páscoa, a Casa do Coelho vai estar no recinto da escola e todos os Ferronhitos são convidados a brincar na horta ou no interior da toca, sempre respeitando os cuidados de higiene e segurança. Durante a última semana de aulas vão ainda tirar uma fotografia para eternizar este momento que se pretende especial.

Recorde-se que já no Natal a associação de pais castelense já tinha surpreendido alunos, professores e funcionários com uma enorme decoração na entrada da escola, recriando a casa do Pai Natal na chegada ao recinto escolar.

«O nosso principal foco é que a escola seja um local aprazível e onde os Ferronhitos se sentem em segurança. Se com estas intervenções esporádicas conseguirmos contribuir para que todos se sintam ainda mais motivados para vir para a escola, então a nossa missão está realizada», conclui Sofia Miranda.

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *