Câmara da Maia mantém o ensino da língua para os mais jovens de forma a incentivar o contacto com o inglês desde tenra idade.

As crianças que se encontrem no 1º e 2º ano de escolaridade, nas escolas da Maia, vão continuar com as aulas de língua inglesa pelo segundo ano consecutivo em horário Curricular. O projeto, proposto pela Câmara Municipal da Maia, foi aprovado pelo Ministério da Educação que já autorizou os créditos horários necessários para o normal funcionamento da disciplina. A proposta tem supervisão pedagógica e científica da Escola Superior de Educação do Porto e o apoio do Ministério da Educação.

Por iniciativa do Município, as crianças têm contacto com o inglês desde os três anos de idade, nos jardins de infância da rede escolar municipal, e desde o ano letivo passado, os alunos do 1º e 2º ano de escolaridade, passaram a ter acesso a esta disciplina. É importante recordar que a língua inglesa só faz parte do currículo de aprendizagem oficial a partir do 3º ano de escolaridade.

«Aprender Inglês será meio caminho andado para agarrar oportunidades globais»

O Presidente da Câmara, António Silva Tiago, considera fundamental a aprendizagem do Inglês a partir da infância, segundo o próprio «as crianças que estão hoje nos bancos da escola, quando forem adultos ativos terão no domínio do Inglês uma ferramenta crucial que as capacitará para viver e trabalhar em qualquer parte do Mundo e integrar-se na autêntica aldeia global em que ele se tornou. Falar e escrever em Inglês será meio caminho andado para agarrar oportunidades globais, mesmo que permaneçam no país de origem».

Deixe uma resposta