“Presidências abertas” em Vila Nova da Telha. Investimento de 40 milhões em destaque. 

Silva Tiago, presidente da CM Maia e Joaquim Azevedo, presidente JF VN Telha, iniciaram uma visita à freguesia onde os autarcas tiveram a oportunidade ver “in loco” algumas das necessidades e auscultar as obras já em curso.

Para o presidente CM Maia «O dia é entregue a Vila Nova da Telha e fazemo-lo com muito gosto. Conheço muito bem a realidade do concelho e da freguesia, mas ainda assim não dou o tempo por perdido que despendo. Vim ver com mais detalhe algumas questões, aquela que agora me tem preocupado é a circunstância de uma comunidade cigana que está alojada no Lugar das Lagielas, junto ao Complexo Municipal de Pedras Rubras, e que percebi que algumas crianças de algumas famílias dessa comunidade criam desacerto na Escola Básica do Lidador. Vamos fazer de tudo para ajudar, quer a comunidade cigana, quer a Junta de Freguesia e também o Agrupamento de Escolas Dr. José Vieira de Carvalho, onde essa escola se enquadra. Estamos a falar de cerca de 9 famílias, mas não são todas as crianças que criam desacertos, só as mais agitadas e indisciplinadas e, portanto, iremos ajudar, falando com essas crianças, com os pais e também com o líder da comunidade cigana, de forma a passar a mensagem que eles têm de ajudar porque, se não o fizerem, estarão a perturbar as outras crianças das escolas e isso é impossível», acrescentando que «em relação às condições de habitabilidade dessa comunidade, nós construímos e alojamo-los lá. Portanto, a falta delas são argumentos que não têm valor. Podem haver alguns problemas, na minha casa também há, mas resolvem-se e nós já o fizemos. Estamos a falar de casas que foram feitas e pagas integralmente pela Câmara com muito carinho há uns anos, por isso, eles só têm de agradecer esta bondade da Câmara Municipal».

Num balanço mais alargado o presidente da CM Maia referiu a visita à Escola Básica da Prozela «uma escola que funciona muito bem, quase que uma espécie de escola-modelo, onde vamos ampliar o refeitório, eliminando uma sala do pré-escolar e, com isso, vamos construir uma nova escola com uma nova sala para o pré-escolar. Vamos também querer ampliar o recreio e fazer uma parte coberta para os miúdos brincarem nesse recreio de uma forma mais confortável. Tudo isto são coisas para as quais a Câmara está muito atenta e resolve porque tem potencial e capacidade para resolver os seus problemas, não precisa de ajudas», disse.

A ANA Aeroportos está a preparar-se para construir um Taxiway novo para aumentar a capacidade de tráfego aéreo do Aeroporto Francisco Sá Carneiro. Para isso terá que aumentar o túnel, efetuar um desvio na Rua da Fábrica, situação que segundo Silva Tiago «já está protocolada com a Câmara há mais de dois anos. Foi aprovado pela Câmara e pela Assembleia Municipal e vai agora iniciar a empreitada este verão, com previsão de término em setembro de 2019. Trata-se de um investimento de 40 milhões de euros que gerará mais emprego, mais economia. Haverá a necessidade de criar mais hotéis, também na Maia e, neste momento, estão a ser construídos 6 novos hotéis na área do Aeroporto. Isso é excelente para nós e Vila Nova da Telha, na minha perspetiva, será uma freguesia que terá um forte desenvolvimento e aquilo que nós queremos é que o tenha de uma forma sustentada e não abrupta e sem regra porque isso não é desenvolvimento. Queremos evoluir, mas de uma forma positiva».

Quanto ao resto da visita «estive a olhar para as pretensões do Sr. Presidente da Junta e acho-as perfeitamente sensatas. Ainda há pouco, quando entravamos neste edifício sede da Junta, perguntei-lhe quando iniciavam as obras de reabilitação e ele disse-me que já estão adjudicadas e a Câmara vai dar uma ajuda de 40 mil euros para que a Junta possa dar uma reabilitação geral a este edifício que é muito bonito, para que tenha melhores condições e esteticamente seja ainda mais apresentável. Felizmente que vivemos com muita qualidade. Gostava de ver se seria possível terminar as obras este mandato e inaugurar a infraestrutura do Estádio Municipal de Pedras Rubras. Uma obra que começou ainda com a presidência do Dr. Vieira de Carvalho e, por isso, gostava imenso de concluir e de o inaugurar. Já está à disposição da comunidade e do FC Pedras Rubras, mas acho que vale a pena fazer um esforço para que esta obra fique completamente acabada e seja inaugurada por todos nós», disse já com cerca de metade do percurso efectuado.

«Muito bom entendimento» entre Junta e Câmara

Para Joaquim Azevedo, presidente JF VN Telha «O entendimento com o Sr. Presidente é muito bom. Somos uma Junta que respeita muito a Câmara e ela também nos respeita, como tal só temos a dizer bem da Câmara Municipal e do Sr. Presidente.

No que diz respeito às expectativas para a freguesia de Vila Nova da Telha, nós temos alguns projetos. Já há algum tempo que temos vindo a falar com o Sr. Presidente e a expor-lhe quais a necessidades, ele tem estado atento e tem levado para a frente os projetos que Vila Nova da Telha necessita.

Hoje de manhã, no Parque Escolar, fizemos chegar à razão quais as necessidades mais urgentes para as escolas, nomeadamente nas obras, e tenho a certeza que o Sr. Presidente vai fazer tudo para que essas obras aconteçam porque é para os vilanovenses, é para os maiatos e são intervenções importantes, que vão dar mais qualidade e comodidade às crianças da nossa freguesia.

A nossa freguesia divide-se em duas partes: a zona histórica e a zona nova. Em termos de acessibilidades, na parte nova não existem grandes necessidades, no entanto na zona histórica há, de facto, algumas dificuldades porque estamos a falar de ruas estreitas e antigas. Sempre que nos é apresentado algum problema na Junta de Freguesia, nós tentamos resolver e vamos ao encontro dessas necessidades, mas são situações pontuais», referiu o presidente de Junta.

Deixe uma resposta