O Grande Auditório do Fórum da Maia recebe, no próximo dia 30 de janeiro, pelas 21h30, a peça “Quarenta Mil Quilovátios”, uma produção do Teatromosca e da MUSGO Produção Cultural.

Livremente inspirado em factos reais, a peça reconta a história de um adolescente que se auto investe como herói justiceiro das ruas – O Corvo -, substituindo-se à atividade policial.

O texto original de Paulo Campos dos Reis propõe uma reflexão sobre aspetos comportamentais da adolescência aliados às condições de vida nos subúrbios. Quarenta mil quilovátios é o valor correspondente à tensão dos cabos elétricos que alimentam carruagens ferroviárias.

O espetáculo que encerra um ciclo dedicado à juventude e que aqui se abre também para uma reflexão sobre os subúrbios assumirá o que se pode entender por “tom urbano”, mas esquivar-se-á à composição de imagens estáveis e aos clichés que poderão colar-se a uma ideia de “juventude” e “subúrbio”.

Coprodução entre duas companhias que habitam o mesmo território (Sintra), “Quarenta Mil Quilovátios” será também um reencontro entre os dois fundadores do teatromosca, Pedro Alves – atual diretor artístico da companhia – e Paulo Campos dos Reis – diretor artístico da jovem companhia de teatro Musgo Produção Cultural. O espetáculo contará com banda sonora original criada pelo rapper português Allen Halloween.
Texto: Paulo Campos dos Reis; Encenação: Pedro Alves; Interpretação: David Mendes, Carolina Figueiredo, Ricardo Soares e Pedro Alves; Música Original: Allen Halloween; Cenografia: Pedro Silva; Fotografia: Catarina Lobo; Vídeo: Ricardo Reis; Direção Técnica e Desenho de Luz: Carlos Arroja; Ilustração e design gráfico: Alex Gozblau; Consultoria artística: Maria Carneiro; Produção Executiva: Inês Oliveira; coprodução: teatromosca e musgo produção cultural; parceria casa seis.

O espetáculo é gratuito e terá a duração estimada de 80M, destinada a maiores de 16 anos de idade.

 

Deixe uma resposta