A autarquia fez saber, em comunicado, que estão suspensos os cortes de água em domicílios e estabelecimentos no município da Maia.

Esta é uma das medidas tomadas pela Câmara Municipal e pelo seu universo de empresas enquanto se mantiver a situação de pandemia. Paralelamente, a recolha de resíduos indiferenciados em moradias passará a ser feita «duas vezes por semana».

A Câmara e as empresas municipais da Maia «continuarão a assegurar os serviços essenciais à população. A Proteção Civil, a Polícia Municipal, a recolha de resíduos, o abastecimento de água e o tratamento de águas residuais continuam a funcionar», pode ler-se.

Ainda no mesmo documento, a autarquia garante que os SMEAS não farão cortes de água, nem haverá leitura manual de contadores, mantendo-se ativos «os piquetes que asseguram o abastecimento de água». A Maiambiente pôs também em prática uma série de medidas, passando, nomeadamente, a fazer a recolha de papel e embalagens quinzenalmente.

A maioria dos funcionários da Câmara e do universo municipal estão em teletrabalho, cumprindo as determinações do governo e das autoridades de saúde, podendo os serviços ser contactados através de e-mail.

A fechar, a Câmara Municipal da Maia diz agradecer «a todos quantos continuam a trabalhar para assegurar os serviços essenciais e apela aos maiatos para que se mantenham em casa. O isolamento social é, de momento, a única forma de lutarmos contra o coronavírus»

Deixe uma resposta