Ontem, 2 de abril, foi um dia especial para Margarida de Jesus. A maiata, residente em Águas Santas, completou um século de vida.

Nascida em Amarante no ano de 1919, casou-se aos 24 anos de idade e teve três filhos. Atualmente, vive com o seu filho João de Jesus.

A sua história de vida é uma lição de tenacidade e resistência de uma mulher analfabeta que enviuvou aos 31 anos, facto que explica a longa vida de trabalho árduo em pedreiras, onde ganhou o sustento da família até se reformar.

António Silva Tiago, presidente da Câmara da Maia, felicitou pessoalmente a maiata centenária, ao marcar presença na festa que os filhos, os 6 netos e os 5, quase 6, bisnetos prepararam, vindo alguns de longínquas paragens da Europa.

O autarca, acompanhado da Vereadora do Desenvolvimento Social, Ana Vieira de Carvalho, presenteou a centenária com um ramo de flores e uma prenda no dia em que a Maia celebra a vida a sorrir.

Deixe uma resposta