Organizada pela empresa maiata “RunPorto.com”, realiza-se a 4 de novembro. Os maiores objetivos desta 15ª EDP Maratona do Porto passam pela obtenção dos recordes do percurso em ambos os sexos e como a maior maratona nacional.

No setor masculino o melhor do traçado está em 2h09m51s, estabelecido pelo queniano Philemon Baaru na edição de 2011. Da lista de presenças este ano, destaca-se o vencedor da edição anterior, Jackson Kibet Limo, detentor de um recorde pessoal de 2h06m45s, estabelecido em 2007, seguido por Abraham Girma, com 2h06m48s, realizado em 2012.
Quanto a portugueses, destacam-se as presenças de José Moreira, Carlos Costa, Mihail Lalev e Paulo Gomes.
Quanto ao sector feminino o recorde do percurso foi estabelecido o ano passado pela queniana Monica Jepkoech, com 2h26m58s. Para a corrida de domingo, a frente feminina irá ser maioritariamente da Etiópia. Mesekerem Abera Hunde é a favorita ao primeiro lugar, com uma marca pessoal de 2h28m25s, seguida de Alemu Megertu, com um recorde pessoal de 2h29m10s e Abeba-Tekulu Gebremeskel, com um melhor tempo de 2h30m18s.
A nível nacional, vão correr Filomena Costa, terceira classificada em 2016, Carla Machado e Rosa Madureira.

Espera-se recorde de “finishers”
Com o objetivo da quebra do recorde de participações, a organização espera que pela primeira vez em Portugal, 5.000 participantes da maratona acabem a prova.
A 15ª EDP Maratona do Porto realiza-se a 4 de novembro e conta com três provas: a Maratona, com 42,195 km, a APO Family Race Corrida dos Ossos Saudáveis, com 15 km, e a Fun Race, uma caminhada com a distância de 6 km destinada a todas as classes etárias e sem fins competitivos.

Turismo de Portugal recusa apoiar a EDP Maratona do Porto
Desde 2004, a “Runporto.com” tem vindo a trabalhar no sentido de elevar a EDP Maratona do Porto ao nível das melhores maratonas do mundo.
Neste momento, o seu reconhecimento mundial foi efetivado e são milhares os atletas que vêm dos cinco continentes para participarem na EDP Maratona do Porto. À data, a edição deste ano do evento conta com a participação de 72 nacionalidades, sendo que 41% dos participantes inscritos são estrangeiros.
Um número bastante elevado e que se traduz na deslocação de 7.000 atletas, muitas vezes acompanhados pelas suas famílias, que visitam a cidade com o fim de participarem no evento. A EDP Maratona do Porto é, desta forma, um evento que impulsiona o turismo desportivo no Porto.
Anualmente é realizado um trabalho internacional com o objetivo de internacionalizar a EDP Maratona do Porto. Nesse sentido, a “Runporto.com” tem apostado na promoção da EDP Maratona com a presença nas maiores feiras dedicadas ao running do mundo.
Assim, solicitou ao Turismo de Portugal «apoio na promoção da EDP Maratona do Porto através dos seus canais e apoio financeiro de forma a conseguir melhorar a divulgação do evento», ao qual obteve uma resposta negativa com a seguinte justificação de que «embora a EDP Maratona do Porto apresente um número de participantes que não seja de menosprezar, a sua realização não contribuirá para a projecção internacional de Portugal em ativos de reconhecida importância nem terá capacidade para incrementar significativamente os fluxos e as receitas turísticas», dizem, pelo que, a “Runporto.com” «não concorda com esta declaração e demonstra a sua revolta em relação a esta falta de apoio de uma entidade que deveria apoiar os projetos que contribuem para o crescimento do turismo em Portugal, como é o caso da EDP Maratona do Porto», comunicaram insatisfeitos.

Deixe uma resposta