A Associação Frente Cívica realiza no próximo sábado, dia 28 de outubro, um debate sobre a publicidade infanto-juvenil. Esta tem sido uma preocupação constante desta entidade. Aliás, a Comissão Instaladora da Frente Cívica «já apresentou na Direcção-Geral do Consumidor várias queixas relativamente a comportamentos ilegítimos por parte dos anunciantes que utilizam as crianças de forma abusiva na sua publicidade. Além disso, também já solicitámos a intervenção do Provedor de Justiça», diz Maria Teresa Serrenho, da Comissão Instaladora. O debate, que focará as diferentes vertentes desta área da comunicação comercial, constituirá uma oportunidade para a Frente Cívica anunciar «os progressos destas suas pretensões e também da inoperância das entidades públicas», acrescenta.

A iniciativa vai decorrer no auditório do Edifício S. Nicolau, no Porto, a partir das 15 horas, e conta com a participação de personalidades como Jorge Pegado Liz, conselheiro do Comité Económico-Social Europeu, Francisco Maia Neto, Procurador-Geral Adjunto, e Rute Couto, da Associação Portuguesa de Direito do Consumo. Haverá ainda intervenções de Paulo de Morais e de Mário Frota, também promotores da Frente Cívica.

O programa completo da sessão poderá ser consultado nos meios habituais (blogue e redes sociais da associação).

Deixe uma resposta