A partir de quinta-feira, dia 1 de janeiro, e até ao próximo dia 28, o Museu de História e Etnologia da Terra da Maia recebe a exposição “Cozinha Maiata: 100 de Histórias de Faianças e Sabores na Terra da Maia”.

A gastronomia, enquanto ramo que abrange a culinária, as bebidas, os materiais usados na alimentação e todos os aspetos a ela associados, resulta de vários fatores como o ambiente natural, a cultura das próprias comunidades, os recursos disponíveis, as necessidades das pessoas e as práticas ancestrais de uma determinada região.

No entanto, a gastronomia, tal como outros aspetos do quotidiano das comunidades, tem vindo a sofrer profundas alterações devidos às grandes mudanças sociais dos tempos atuais. Perante um novo tempo, bem como a falta dele, o Homem tem procurado, frequentemente alternativas com o intuito de gastar menos tempo possível, mudando, consequentemente, os seus hábitos relacionados com a refeição e tudo o que a ela respeita.

Alimentos diferentes, cozinhados e consumidos de forma diferente não olhando à questão social do ato de comer. Perante este novo contexto urge recuperar hábitos antigos e saudáveis.

«Quando nos propusemos a recolher dados sobre a gastronomia na Terra da Maia, partimos para a ideia de procurar a cozinha antiga e tradicional, mas em simultâneo procurar outros aspetos que com ela se relacionem, receitas, costumes, faiança e porcelanas tradicionais e finas na nossa Terra que conferiam a uma refeição muito mais do que apenas um ato de consumo de alimentos, mas sim um momento social onde se associava o bom gosto de uma refeição bem confecionada e o bom gosto do ato de a servir», disse a organização.

Com entrada gratuita de terça a domingo das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

 

 

Deixe uma resposta