Câmara Municipal da Maia admite estagiários para agentes da Polícia Municipal.

Com vista ao reforço efectivo do serviço de Polícia Municipal e Fiscalização, a Câmara Municipal da Maia, vai, proximamente, abrir concurso para a admissão de 10 estagiários, remunerados, em regime de Contrato de Trabalho, que darão lugar à futura ocupação de 10 postos de trabalho de Agentes Municipais de 2ª Classe da carreira da Polícia Municipal.

Recorde-se que entre 2001 e 2003, na sequência de três concursos abertos para o efeito, ingressaram no quadro de pessoal 24 Agentes, tendo nos anos subsequentes registado várias saídas e entradas de Agentes, provenientes de outros municípios, que, segundo a CM Maia, foram conferindo alguma estabilidade ao funcionamento do serviço, oscilando estes entre 20 e 24 elementos. Durante os anos seguintes, por antiguidade ou outros requisitos, vários Agentes foram reunindo condições para promoção às categorias seguintes, tendo a CM Maia procedido à abertura dos respectivos concursos que possibilitaram a progressão na carreira.

Actualmente são 17 os efectivos, distribuindo-se por Agentes Graduados Principais (9); Agentes Municipais Graduados (4) e Agentes Municipais de 1ª Classe (4).

Durante a fase de formação, os admitidos integrarão a categoria de Estagiário, auferindo a remuneração mínima mensal garantida, acrescida de subsídio de Férias, subsídio de Natal e subsídio de Refeição. Poderá ainda haver lugar à atribuição de subsídio de Transporte e ajudas de custo, quando a formação ocorra fora do município, o que tem sido prática.

Importa saber que, no exercício das suas funções, cada Agente de Polícia Municipal é portador de uniforme e de um conjunto de meios e equipamentos fornecidos pelo Município, cujo custo individual ronda os 2.630,00 euros.

Os agentes que irão agora ser “treinados” deverão ingressar no activo em 2020.

Deixe uma resposta