De forma a atenuar as dificuldades das famílias maiatas, a Câmara Municipal da Maia volta a realizar a tradição que se cumpre há 32 anos consecutivos ao distribuir o típico Cabaz de Natal aos mais desfavorecidos. Candidaturas abrem esta segunda-feira, dia 2 de março. 

A iniciativa pratica-se, ininterruptamente, desde 1988. Inicialmente destinava-se exclusivamente à população idosa, no entanto, na década de 90 foi alargada a toda a população com dificuldades económicas.

O Cabaz de Natal é constituído por géneros alimentares típicos da época festiva, como bacalhau, azeite, queijo, nozes, aletria e uvas-passas, entre outros e é atualmente distribuído a cerca de 1600 agregados familiares.

«Embora não constitua uma solução para os problemas sociais e económicos que afetam uma larga faixa da população», a autarquia acredita que o Cabaz de Natal é «uma forma de atenuar as dificuldades dos mais desprotegidos, despertando os valores da paz, união, harmonia, partilha e solidariedade, simbólicos da época natalícia».

O período de candidaturas decorre entre 2 de março a 16 de junho, nas Juntas de Freguesia e de 2 de março a 30 de junho no Gabinete Municipal de Atendimento da Câmara Municipal da Maia.
 

Deixe uma resposta