Operação de três voos deste Verão deve movimentar à volta de 600 passageiros no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, o equivalente a um aumento de 150% relativamente a 2017.

No ano passado foi feita história com a realização de voos charter entre o Japão e Portugal, com quatro operações teste para avaliar a recetividade do mercado. O Porto esteve envolvido com um voo direto desde o Francisco Sá Carneiro para o aeroporto de Tóquio Narita, operado com um avião Boeing 777-300ER da companhia japonesa ANA – All Nippon Airways.

Este ano, o mesmo grupo turístico japonês responsável por esse voo, colocou à venda a reedição do programa para Setembro 2018. Mantêm-se os percursos de 2017 (entre Lisboa e Porto, com paragens intermédias e duração de 10 dias), mas reforça-se a operação com uma nova saída de Tóquio, e uma outra de Osaka. Ou seja, ao charter Tóquio – Lisboa / Porto – Tóquio que operou em 2017 e que se repete, acresce um outro Tóquio – Porto / Lisboa – Tóquio e um Osaka – Porto / Lisboa – Osaka.

Os voos estão programados entre final do próximo mês de agosto e início de setembro, com aviões Boeing 787-900 da ANA, com 215 lugares em 3 classes (48 em executiva, 21 em económica premium e 146 em económica), sendo, portanto, mais pequenos que o Boeing 777-300ER fretado no ano passado. Ainda assim, o total a operação de três voos deste Verão deve movimentar à volta de 600 passageiros no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, o equivalente a um aumento de 150% relativamente a 2017.

Deixe uma resposta