Em entrevista sobre o Campeonato do Mundo de Rope Skipping, que decorre de 1 a 6 de julho, nos EUA. 

Catarina Guimarães tem 19 anos e é a treinadora responsável pela modalidade de Rope Skipping no Ginásio Clube da Maia (GCM), que iniciou no passado mês de abril. A atleta do Molinhas – Clube de Rope Skipping das Taipas, o único do país dedicado exclusivamente à modalidade, irá representar as cores da bandeira nacional no World Jump Rope Championship 2018, em Orlando, nos Estados Unidos da América, que decorre entre os próximos dias 1 e 6 de julho.

O Rope Skipping, iniciado em Portugal pelo Clube de Rope Skipping das Taipas, reúne a arte de saltar à corda, a graciosidade da ginástica e a beleza da dança na vertente competitiva e também na de espetáculo (freestyle). Neste momento, os atletas de Rope Skipping das Taipas detêm o título de campeões nacionais e europeus em equipas.

São 14 os atletas, distribuídos por três equipas de dois escalões, que irão competir em cerca de nove provas coletivas e, no caso da treinadora do GCM, três provas individuais. No entanto, Catarina Guimarães confessa ter melhores expectativas nas provas coletivas.

Ainda muito recente no GCM, a modalidade reúne cerca de quatro alunos com idades compreendidas entre os 7 e os 42 anos, os quais Catarina espera levar a competições nacionais e regionais já no próximo ano.

Inscrições para praticar Rope Skipping no GCM disponíveis ginásio.clube.maiamail.com ou 91 955 01 83.
Horário | Terças e Quintas, das 18h às 20h

Deixe uma resposta