Cumprindo uma tradição com 27 anos de realização ininterrupta, o coral infantil municipal dos Pequenos Cantores da Maia, esteve na passada sexta-feira, dia 15 de Dezembro, no átrio da Torre Lidador, num mini concerto de Natal, em que foram interpretadas várias canções alusivas à quadra festiva.

Victor Dias, Diretor Artístico dos Pequenos Cantores da Maia sublinhou o significado simbólico de um momento que o coral tem respeitado consecutivamente há 27 anos, tradição que foi iniciada antes mesmo da estreia absoluta do coral, a 1 de Janeiro de 1992.

O Maestro Victor Dias lembrou na ocasião, quer o fundador dos Pequenos Cantores da Maia, o Professor Vieira de Carvalho, como o anterior Patrono, Bragança Fernandes, sublinhando que o Presidente da Assembleia Municipal lhe havia telefonado durante a tarde para justificar a sua ausência deste momento simbólico por compromissos pessoais com uma consulta médica inadiável.

Ao referir-se ao Presidente António Silva Tiago, atual Patrono do coral infantil municipal, Victor Dias fez questão de referir que desde há décadas que o autarca tem vindo a apoiar os Pequenos Cantores da Maia, nomeadamente nos projetos musicais dedicados à educação ambiental, matéria que lhe é particularmente grata.

No final, o Edil maiato, proferiu de improviso um brevíssimo discurso em que saudou os Pequenos embaixadores da Maia, aludindo à sua ida a Pedrógão Grande, para realizar um concerto solidário, no dia em que a comunidade pedroguense assinala meio ano após a tragédia dos incêndios.

António Silva Tiago expressou igualmente o seu imenso orgulho nos Pequenos Cantores da Maia de que é agora, por inerência do cargo de Presidente da Câmara, o seu novo Patrono.

A encerrar esta pequena festa, o autarca e os vereadores Emília Santos, Ana Miguel Vieira de Carvalho e Paulo Ramalho, distribuíram bombons e livros a todas as crianças e jovens do coral.

Deixe uma resposta