Entre os próximos dias 1 e 30 de abril, a Biblioteca da Quinta da Caverneira recebe a exposição “Máscaras Contemporâneas”, com entrada gratuita.

Da autoria de Fernando Moreira, o projecto das máscaras começou em África, mais precisamente na capital de Angola, Luanda, onde trabalhou. Num domingo à tarde comprou meia dúzia de máscaras a um artesão. E de repente viu-se confrontado com um objeto e o seu significado. A máscara reunia o melhor de dois dos seus mundos: o teatro e as artes plásticas. E logo ali, sob a temperança do sol africano, começou a conceptualizar o seu projeto artístico das “contemporary masks”.

FERNANDO MOREIRA, 1968, e Doutorando em Educação Artística, na Faculdade de Belas Artes do Porto. Mestre em Pintura e Licenciatura em Artes Plásticas – ramo Pintura, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Encenador, Dramaturgo e Actor. Trabalhou nos últimos 25 anos em diversas companhias de teatro. Consultor especializado nas áreas de Comunicação, Criatividade e Técnicas de Apresentação desde 2002. Co-fundador da Astro Fingido, Associação Cultural.

 

Deixe uma resposta