A Câmara Municipal da Maia fez saber que vai assegurar a distribuição gratuita de máscaras reutilizáveis (nível 3), certificadas pelo CITEVE, a pessoas que tenham baixos rendimentos.

O programa #SorrirSentirSeguro destina-se «a desempregados ou a quem receba o Complemento Solidário para Idosos, o Subsídio Social de Desemprego, o Abono de Família, a Pensão Social de Invalidez, a Prestação Social de Inclusão ou a Pensão Social de Velhice», pode ler-se em comunicado enviado às redações.

«Tínhamos a opção de distribuir máscaras a todos, mas isso seria apenas uma operação de marketing político sem impacto efetivo. Este não é o tempo de fazer política, mas sim de ação efetiva na resolução e mitigação dos problemas», referiu António Silva Tiago, presidente da CM Maia, que acredita que «ao distribuir máscaras pelos mais carenciados estamos efetivamente a ajudar quem mais necessita».

As máscaras estarão ainda disponíveis para agregados familiares que tenham um rendimento anual igual ou inferior a 5.808€, acrescido de 50% por cada elemento do agregado familiar que não aufira qualquer rendimento.

As máscaras podem ser solicitadas através da linha de apoio 938 707 039, que funciona de 2ª a 6ª feira, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 16h00.

Deixe uma resposta