Empresa «não poderá garantir o cumprimento do serviço em qualquer uma das 73 linhas da rede», por não terem sido decretados serviços mínimos pelo tribunal. 

Em resultado ao pré-aviso de greve apresentado por diversas organizações sindicais, a STCP – Sociedade de Transportes Coletivos do Porto avisou os utilizadores da «possibilidade de ocorrência de perturbações de serviço» a partir das 00h00 desta terça-feira e até às 02h00 do dia 1 de julho.

A empresa de transportes fez ainda saber que «não foram estabelecidos pelo Tribunal Arbitral quaisquer serviços mínimos, quer para a operação de autocarros, quer para a operação de carros elétricos», razão pela qual diz não poder «garantir o cumprimento do serviço em qualquer uma das 73 linhas da rede STCP».

A Administração disse «lamentar» todo e qualquer inconveniente que esta situação possa criar aos seus clientes, solicitando «a melhor compreensão de todos».

 

Fotografia com direitos reservados

Deixe uma resposta