No passado dia 21 de julho, o “Estação – Restaurante e Café”, foi o local escolhido pelo piloto maiato Renato Pita para a “Apresentação Oficial 2018 do Projecto Desportivo do Piloto Renato Pita – Campeão do Tour European Rally 2WD Trophy”.

O piloto revelou ao grupo “ES. Comunicacion profesional”, que em conjunto com os seus patrocinadores, a saber: BP, CM Maia, Optivisão, Transinsular, Newport, entre outros, tem já programada a temporada.

Renato estará presente nos europeus de Itália (Setembro) e na Suiça (Outubro) «onde me sinto em casa graças aos nossos apoiantes», no entanto esta semana estará já na estrada, nos sempre difíceis troços do Europeu da Madeira, graças ao patrocinador Transinsular, que lhe permitirá fazer «outra loucura», de 17 dias, em Novembro, até à Mauritânia, onde fará um trabalho de ajuda humanitária com crianças, que promete registará diariamente em fotografia.

Ao volante do seu Ford, terá Alba Sánchez Gonzáles como co-piloto. O facto de ser uma equipa bilingue, num desporto onde a comunicação é importante, obriga a alguma adaptação como refere Renato «pode causar-me alguma confusão inicial», mas Alba garante que «as diferenças são mínimas», pelo que tudo deverá correr pelo melhor.

A co-piloto espanhola está a efectuar um enorme trabalho de estudo dado que «ao competir no estrangeiro tens de conhecer bem os regulamentos e os processos são diferentes, pelo que tens de estar preparado». A espanhola refere ainda que a equipa também servirá para «dar a conhecer mais a figura desportiva do Renato, apesar de que há já muita gente que o conhece», transmitiu.

Como objectivo para a temporada Alba elege «efectuar o máximo de quilómetros, com os mínimos sustos possíveis e aprender com todos», disse a sorrir.

Presentes estiveram diversos convidados ilustres como os vereadores Emília Santos, Marta Peneda e Paulo Ramalho da CM Maia; Vítor Dias, representante do Instituto Português do Desporto e Juventude; Alberto Fernandes, da BP; Cátia Carvalho Esteves, da Transinsular; Roberto Ledo, do grupo ES; Maurício Silva, da Optivisão; entre outros ilustres convidados.

Renato Pita na sua alocução disse que em 2018 «o desafio é maior, já perdia duas provas do Europeu, estou com a Alba, uma excelente navegadora, com um sistema de notas diferentes, mas estão reunidas as condições para que tudo corra bem já na Madeira», mantendo ainda o enfoque na Segurança Rodoviária e principalmente no seu envolvimento na segurança das crianças.

Deixe uma resposta