A 12ª edição da mais importante conferência internacional que se realiza em Portugal, na área do marketing e da comunicação empresarial, superou este ano todas as expetativas da organização.

A tão esperada sumidade mundial no domínio da inteligência emocional, Daniel Goleman, abriu os trabalhos no principal auditório, tendo na sua frente mais de 1700 pessoas oriundas de diversos setores da economia.

Goleman abordou de forma muito simples, mas bastante eficaz, todas as grandes teorias que foi consolidando ao longo da sua carreira de investigador, sustentando a sua comunicação com imensos exemplos práticos, alicerçados em histórias de gente famosa de quem é amigo, como a atriz Ava Gardner.

Grande emoção também causou Rob Goffee, quando invocou a memória do seu saudoso amigo Belmiro de Azevedo, de quem destacou algumas das mais brilhantes qualidades de líder. Esta referência ao Senhor SONAE foi objeto de um enorme e sentido aplauso.

Um dos pontos altos da conferência, foi a comunicação proferida por Bonin Bough, o qual provou que além do inegável interesse do conteúdo de tudo quanto disse, a forma exuberante e divertida como o fez, foi em si mesma um verdadeiro show.

Tamara Mccleary, arrebatou igualmente aplausos vibrantes, considerando que contou estórias interessantes e abordou uma temática que do ponto de vista mediático é quente, como a inteligência artificial e todos os desafios que lhe estão associados, muitos deles ainda desconhecidos para o comum dos mortais.

Nos Trends Forum, o destaque vai para o Maestro Rui Massena, talvez por ter sido um comunicador aparentemente fora da caixa, e nos worklabs para Bernardo Correia, investigador na Fundação Champallimaud, que desenvolve o seu trabalho na área das Neurociências, focando-se especialmente no deslindar dos insondáveis segredos do cérebro humano.

Já depois do evento ter terminado, o Maia Hoje, teve oportunidade de obter uma entrevista exclusiva com Rui Ribeiro, CEO da QSP Marketing, a quem foram colocadas as seguintes questões:

MaiaHoje (MH): Que ponto quer destacar desta edição da QSP SUMMIT?
Rui Ribeiro (RR): Desde logo o número de pessoas presentes, que nesta edição superou as 1700.

MH: O que mais lhe agradou enquanto líder da organização da conferência?
RR: a satisfação do publico foi a que mais nos agradou. Trabalhamos continuamente nesse sentido, e um publico muito exigente dado se tratarem de quadros superiores mas penso que estivemos à altura.

MH: Na sua perspetiva quais são as virtudes de um evento anual que já se afirma como uma tradição no calendário profissional dos quadros médios e de topo das empresas portuguesas?
RR: Este evento tem a particularidade de pensar nos problemas que as empresas e quadros enfrentam e antecipar os desafios, e nessa perspetiva é muito enriquecedor e uma mais-valia inegável.

MH: Sabendo que a QSP Marketing começa a trabalhar com pelo menos 1 ano de antecedência, o que nos pode anunciar desde já sobre a edição de 2019?
RR: Nesta altura o que podemos antecipar é de que a próxima edição que será a 13ª será dia 21 de março de 2019. Estamos atentos e a trabalhar para voltar a surpreender pela positiva.

 

Com a colaboração de Ana Margarida Sampaio

Deixe uma resposta