Nunca deixe as crianças no carro ao sol

Diversas associações gritam ao céu pelas mortes de crianças ocorridas no interior dos carros estacionados quando os pais ou seus responsáveis os deixam sozinhos, acidentalmente ou por irresponsabilidade. Se não colocaríamos o nosso filho num micro-ondas, porque o colocamos num carro ao sol? O corpo frágil das crianças pequenas aquece mais rapidamente que o dos adultos (3 a 5 vezes mais), e pode atingir o estado de hipertermia, potencialmente mortal. Mesmo de janelas abertas, um carro pode converter-se num forno. Está provado que a temperatura no interior sobe mais rapidamente que no exterior devido ao “efeito de estufa”. Até mesmo o típico recado rápido, com a criança dentro do carro, pode ser fatal. Para que fosse ligeiramente seguro, teria de deixar o ar condicionado ligado, e isso implica que em muitos casos o carro tenha que ficar ligado, o que já não é uma atitude muito segura por si própria. O mais correto e responsável é tirar a criança do carro, mesmo que sejam apenas por 5 minutos. Qualquer demora não programada pode causar um ataque de nervos ou mesmo uma desgraça. Os carros mais pequenos tendem a aquecer mais rapidamente, assim como os que possuem o interior escuro, mas nem os carros de cor mais clara ou branca livram-se de aquecer, aquece menos, mas ainda assim aquece.

Suponhamos que temos um interior climatizado com temperatura de 22ºC. Paramos e saímos, num dia de calor. Em apenas 10 minutos o interior passa para 32,55ºC, em 20 minutos já falamos de temperaturas de 38,11ºC, pelo que uma criança pequena já vai estar em risco grave. Não vale a pena o risco! Quando o interior atinge os 40ºC começam a surgir os primeiros sintomas de hipertermia: enjoos, náuseas, vómitos, desidratação, dor de cabeça, suor intenso. Pouco depois, com 41,66ºC, o menor debate-se entre a vida e a morte. A probabilidade de morrer é quase total com 44ºC.

Quando temos crianças connosco devemos ter atenção e assegurarmo-nos SEMPRE que não ficam passageiros dentro. Animas de estimação incluídos! As crianças que estão a dormir não devem ser deixadas sozinhas, acorde-as. Não devemos perder de vista as chaves. Uma criança pode encontrá-las, abrir o carro e fechar-se lá dentro.

Todos estes conselhos são válidos para idosos e pessoas com uma saúde frágil; não devem permanecer no carro. Quando vamos à praia, em apenas 5 minutos que permanecemos no carro com os vidros fechados já nos sentimos mal, imagine isso com uma criança, um idoso ou com um animal!.

Fonte circulaseguro.pt

Deixe uma resposta