Amanhã, dia 11 de novembro, pelas 16h00, na Biblioteca Municipal da Maia será apresentado o livro ‘Invulgar Cão Mula’,  da autoria de Filipe Gaspar, Sofia Rente e Tiago Pereira.

Sinopse: Era uma vez um cão que vivia com a sua família numa aldeia longe da cidade. Como não ladrava, as brincadeiras com os irmãos e os outros animais eram a sua principal distração. Certo dia chegou ao palheiro uma mula causadora de rebuliço na pacata comunidade!
O encontro entre os dois deu origem a esta história tão invulgar!

Os autores: Filipe Gaspar é natural da República Democrática do Congo e desde os sete anos reside na cidade do Porto. Obteve a sua formação teatral na Academia Contemporânea do Espetáculo e frequentou o curso de Jornalismo e Ciências da Comunicação da Universidade do Porto. Desde 2010, desempenha funções de criativo na promoção e animação da leitura, no Serviço Educativo da Biblioteca Municipal da Maia. Paralelamente, é formador de oficinas de expressão corporal e dramática, contador de histórias e em 2014 torna-se diretor artístico do grupo de teatro comunitário Pé no Charco. Em 2015 cria a escola não formal “CAST- Curso de atores Televisão e Cinema” onde desempenha funções de coordenador pedagógico.
Sofia Rente nasceu numa cidade da Renânia do Norte-Vestfália, na ainda República Federal da Alemanha. É licenciada em Ensino de Português e mestre em Português Língua Não Materna pela Universidade do Minho. Tem exercido, desde então, a sua atividade profissional na área do ensino mas também no ramo editorial. É coautora de manuais escolares de Português e autora do livro Expressões Idiomáticas Ilustradas, integrado no Plano Nacional de Leitura.
Tiago Pereira, orgulhosamente português, formou-se na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, com uma Licenciatura em Design de Comunicação e Mestrado em Design da Imagem. A sua dificuldade em ver o mundo com as mesmas cores que as outras pessoas (daltonismo) foi sempre um desafio e um teste às suas capacidades. Desde o início da sua carreira que tem vindo a desenvolver trabalhos de ilustração e animação para a televisão. Este designer daltónico considera-se um sortudo por trabalhar naquilo que ama fazer.

Deixe uma resposta