Massa de ar com caraterísticas de ar Ártico traz muito frio a Portugal Continental até ao próximo sábado, dia em que se se prevê um aumento da intensificação do vento que poderá atingir os 65km/h no Norte e Centro, até meio da manhã.

 Durante esta madrugada, tal como previsto pelo IPMA – Instituto Português do Mar e da Atmosfera, ocorreu a substituição gradual de uma massa de ar polar, por uma massa de ar com caraterísticas de ar Ártico sobre Portugal continental, transportada do interior do continente Europeu. Como consequência, as temperaturas mínimas desceram no interior Norte e Centro, especialmente na Beira Alta, onde nas terras altas, as descidas poderão ser da ordem de 5 a 8°C.

Assim, os valores da temperatura mínima deverão variar genericamente entre 2 e 6°C, sendo inferiores no interior Norte e Centro, onde variarão aproximadamente entre -4 e 1°C.

Amanhã, dia 11 de janeiro, a descida estender-se-á ao restante território (descidas da ordem de 2 a 4°C), mantendo-se os valores baixos pelo menos até este sábado, dia 12. A temperatura máxima deverá variar, aproximadamente, entre 10 e 14°C, sendo inferior no nordeste transmontano e na Beira Alta, onde será inferior a 8°C, e ligeiramente superior em alguns locais do litoral Sul.

Adicionalmente, prevê-se um aumento do desconforto térmico até dia 12, devido à intensificação do vento do quadrante leste, sobretudo nas terras altas, onde deverá soprar moderado a forte (até 50 km/h), e por vezes com rajadas até 65 km/h em especial no Norte e Centro e até meio da manhã.

Prevê-se igualmente formação de geada a chegar junto ao litoral.

De referir que desde o início de janeiro têm-se verificado noites frias, com valores da temperatura mínima do ar inferiores aos valores médios e mesmo inferiores aos valores que só ocorrem em 10% dos casos (percentil 10).

No entanto, tem-se verificado a ocorrência de dias quentes, com valores de temperatura máxima superiores aos valores médios e mesmo superiores aos valores que só ocorrem em 10 % dos casos (percentil 90).

De 1 a 9 de janeiro, em cerca de 50% das estações, registaram-se valores de temperatura mínima inferior a 0°C, tendo sido de forma consecutiva em algumas regiões do Norte e Centro.

Os menores valores da temperatura mínima, -7.0°C, registaram-se nos dias 5 e 6 de janeiro, em Miranda do Douro e Chaves, respetivamente.

Por outro lado, os maiores valores da temperatura máxima registaram-se no passado dia 2 em Rio Maior (20.8°C) e no dia 1 em Braga, (20.5°C).

Para mais detalhes sobre a previsão meteorológica para os próximos dias consultar: http://www.ipma.pt/pt/otempo/prev.descritiva/ http://www.ipma.pt/pt/otempo/prev.significativa

Deixe uma resposta