Joaquim Jorge, fundador do Clube dos Pensadores ( CdP), convidou o secretário-geral da Fenprof Mário Nogueira, para estar presente no dia 11 de Dezembro, segunda-feira, pelas 21h30 no Hotel Holiday Inn em Gaia.

O Clube dos Pensadores encerra o seu ciclo de debates em 2017,  abordando um tema que tem estado na ordem do dia e que tem que ver com a maioria dos portugueses: pais, alunos e professores.

Mário Nogueira líder da Fenprof , professor, militante do PCP abordará a educação em todas as suas vertentes. Mário Nogueira já esteve, em 2012, no Clube, também, num momento de crispação com o antigo Ministro, Nuno Crato. Já passaram pelo ministério muitos governantes  que mudam as regras do jogo.

Para o Joaquim Jorge, fundador do Clube dos Pensadores, «não é possível uma escola ser dirigida como uma empresa, com planos meritocráticos, como muita gente sugere. Uma escola não é uma empresa é uma instituição, que lida com alunos, pais, docentes e não docentes com as suas idiossincrasias. Não é correcto que se diga que os professores faltam muito, é um anátema que os persegue toda a vida. O problema é que se um funcionário público falta no seu local de trabalho sabem duas ou três pessoas, numa escola sabe meio mundo. Eu aconselho a quem fala mal dos professores a passar uma semana numa escola para se inteirar dos seus problemas e escassez de meios. Será que a Educação está num processo de desumanização e mercantilização? O CdP empenhando-se em fomentar, o debate de ideias e na resolução dos problemas,endereçou um convite ao Ministro Tiago Brandão Rodrigues para estar presente no Clube, num futuro próximo» disse, acrescentando que «os professores têm inúmeros problemas: aspectos importantes da aposentação; horários de trabalho e concursos; processo de municipalização da Educação; democratização da gestão das escolas. É importante o investimento na Educação e na  Escola Pública», disse a terminar.

O CdP, durante o ano de 2017, diversificou os temas e os convidados para além da política.  Abordou “Envelhecimento e Sexo” pela mão do médico-psiquiatra e sexólogo Júlio Machado Vaz. Falou de “Automobilismo” com o corredor de WTTC Tiago Monteiro. No “ 11.ºaniversário do Clube” teve representantes de todos os partidos do  Parlamento e ainda  teve direito a um vídeo de Marcelo Rebelo de Sousa que foi passado para os presentes. Fez uma incursão pelo “Futebol” com Pedro Henriques, comentador da SportTv, e António Magalhães, director do Record. Recebeu o prémio Nobel da Paz José Ramos- Horta que falou de “Timor”. Paula Teixeira da Cruz, antiga Ministra da Justiça, apresentou a obra de Joaquim Jorge “Democracia mudança”. Seguiu-se Jaime Nogueira Pinto, politólogo e escritor que abordou a “Direita Portuguesa”.

Deixe uma resposta